13/01/2023

Há, atualmente, cerca de 170 fogos disponibilizados na cidade em regime de arrendamento acessível e o Município do Porto quer aumentar esta oferta ao abrigo do programa Porto com Sentido.


Com o intuito de dotar a cidade de 1000 fogos em regime de arrendamento acessível até 2026, a autarquia criou um programa desenhado para atrair proprietários que privilegiem a segurança dos seus investimentos. Entre as principais vantagens oferecidas aos senhorios pelo programa municipal destacam-se as rendas totalmente isentas de IRS ou de IRC; a isenção de IMI; e a ocupação a 100% da duração do contrato, sem quebra contratual, com pagamento contínuo da renda, independentemente de a fração estar ocupada ou não com inquilinos, não existindo risco de incumprimento.


A Câmara do Porto, através da empresa municipal Porto Vivo, SRU, gestora do programa, está disponível para celebrar contratos de arrendamento com proprietários que queiram colocar os seus imóveis no mercado, com o propósito de os subarrendar, contribuindo desse modo para dar resposta à procura habitacional sentida na cidade.

O programa municipal Porto com Sentido foi criado com o intuito de dinamizar a oferta de arrendamento em regime de “renda acessível”, pensado especificamente para permitir que mais cidadãos possam ter acesso a habitação por valores inferiores aos praticados no “mercado”.


Os proprietários de habitação disponível para arrendamento devem consultar as condições na página do programa ou dirigirem-se ao Balcão da Habitação Acessível, localizado na Loja de Cidadão das Antas.